© Marcia Fonseca Eventos

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • YouTube
Buscar
  • Marcia Fonseca

Preciso de um celebrante para o meu casamento, como escolher?

Um dia especial, precisa de fornecedores especiais! Assim como se escolhe a melhor comida e bebida, também deve-se escolher aquele que celebrará a união de vocês.

O celebrante tem como principal papel, narrar o que naquele instante está sendo celebrado. Por isso, é essencial que ele conheça a história dos noivos e que consiga, a partir das informações passadas pelo casal, conhecê-los a ponto de falar sobre eles com autonomia. E isso é possível!

Para você que acha que alguém desconhecido não conseguirá transmitir o que deseja, que tal alguém conhecido? Um amigo, quem sabe?

Qualquer um pode ser um celebrante, mas é preciso aprender alguns pontos básicos para essa função. Vamos lá?


Disciplina e responsabilidade

Se há padrinhos amigos que chegam mais atrasados que os noivos, é possível que aquele amigo ou amiga também se atrase para celebrar seu casamento. E isso não é legal! Por isso é necessário entender que, você que irá celebrar o casamento é peça chave desse dia, e deverá ser pontual e cordial com todos se colocando no lugar de celebrante e não só de amigo.


Boa dicção e expressão

Celebrar um casamento é encantar com palavras os convidados. Se você narrar toda cerimônia como se estivesse lendo um texto científico causará tédio em todos. Então lembre-se, é preciso emoção na fala e na expressão.



Respeitar a intimidade

Não é porque você conhece o casal que poderá tocar em histórias do passado. Deixe que os noivos leiam o texto antes e respeite o combinado.

Poderia me aprofundar muito mais sobre o que é necessário para celebrar um casamento, mas ficaria muito extenso. Se você tem interesse em ser celebrante ou quer que um amigo celebre o seu dia, entre em contato comigo!



5 visualizações